Rio Preto sedia 7º Simpósio de Mastologia, Oncologia e Imaginologia Mamária

Os novos métodos de rastreamento e18 a importância da prevenção do câncer de mama será um dos assuntos discutidos no 7º Simpósio de Mastologia, Oncologia e Imaginologia, que será realizado em Rio Preto nos próximos dias 21 e 22 de agosto. O evento reúne médicos especialistas de todos o país e será realizado no campus da Universidade Paulista – UNIP.

O médico Luciano Fernades Chala, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, traz os novos métodos de rastreamento que, segundo o Instituto Nacional de Câncer – INCA, pode reduzir em um terço a mortalidade por este tipo da doença entre as mulheres de 50 a 69 anos por ser uma das ações mais importantes de prevenção. Durante o evento, serão apresentados números recentes levantados no país assim como as perspectivas para os próximos anos. As novas perspectivas sobre o rastreamento do câncer de mama em mulheres de risco será o assunto discutido pela médica oncologista Vera Aguillar, do Hospital Sírio Libanês, de São Paulo.

José Altino, médico oncologista e diretor da clínica Centro de Oncologia Rio Preto (CORP), é um dos organizadores do evento e explica que o simpósio é uma oportunidade para estudantes e profissionais de Rio Preto e região trocarem experiências sobre o assunto. “O evento traz médicos dos principais hospitais do país para discutir as principais novidades da área. O objetivo é que os profissionais do interior estejam por dentro das principais novidades da área”, explica o médico.

Outros temas que serão discutidos durante a programação são as dúvidas sobre mastologia de consultório, como quais condutas devem ser aplicadas para cada classificação da doença, quando exigir uma biópsia em casos de nódulos mamários, os tipos de prevenções além do rastreamento e o tratamento cirúrgico para os casos de câncer de mama. No final do evento haverá apresentação de casos e abertura para discussão entre os profissionais.

por Guimarães Comunicação 17/08/2015